sábado, 29 de setembro de 2007

Barragem

O episódio relatado pelo Isaac na Barragem ainda me faz pele de galinha.
Penso que terá sido no último dia, na 6ª Feira à tarde. As Piscinas de Ponte de Sôr eram uma inexistência e a barragem o ponto de frescura presente desde o início dos Acampamentos. Antes da água viscosa, mal cheirosa mas um pouco suja e com o chão cheio de pedras.
As idas a pé, nem sempre até ao fim, até à Barragem fazem parte da memória de muitos campistas (comer amoras quando as havia, beber água na fonte - agora num terreno delimitado e onde é impossível entrar, legalmente pelo menos).
Fomos para a Barragem e como sempre algumas das crianças e adolescentes queixavam-se da profunidade curta a que eram obrigadas a nadar. Um pouco mais afastada da margem encontrava-se uma prancha onde os que sabiam nadar tinham autorização para descansar um pouco ao sol.
Eu e outros brincávamos com uma bola.
Quando dei por mim, ou demos por nós, tínhamos 4 ou 5 campistas que pouco ou nada sabiam nadar a querer voltar da prancha - para onde tinham ido - atrapalhados e a agarrar-se ao pescoço de um único nadador.
Foi aflitivo. Lembro-me de eu tirar um campista (uma por acaso) , a Dora mais um ou outro e penso que o Mílton e mais alguém também participou na "festa".
Lembro-me de chegar perto da campista e ela "atacar" o meu pescoço. Senti os pés calcarem no chão, afinal estávamos perto da margem, e de pé, só com o braço fora de água, empurrá-la em direcção da terra.
Lembro-me do depois, que terá sido mais complicado. O pensar se tivesse chegado um pouco mais tarde, o tremer perante a difícil situação que tínhamos vivido, o querer estar sozinho (no meio de tantos campistas alterados), o irmão dela, no quarto à noite, a sonhar com o momento. A gritar o nome dela assustado.
Foi algo que nos marcou naquela semana. Já perceberam a pele de galinha?

2 comentários:

ágape disse...

Venho aqui reclamar novamente alguns direitos de protagonismo!!!e agradecer ao Tiagão, meu pescoço amigo...por me ter salvo a vida naquele dia...nunca me irei eskecer dessa sensação de pele de galinha...e da forma maravilhosa como tudo teve um final feliz!!
Obrigadão amigão=)
Ana Raquel Vieira

P.S: entretanto iniciei nos meus tempos livres a prática de natação...

Tiagão disse...

:p