sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Recordar

O ABS são também as pessoas.
Dificilmente me recordarei de um (dos) ABS sem ter alguma ou algumas pessoas na retina memorial.
Do Valdemar e da Mª José num ABS de Crianças, de algumas monitoras quando era pequeno (eu a queria ir-me embora com a minha Tia Rosa como monitora), do Irmão Bernardino e da Irmã Carmelinda, do Pedro Silva (claro!), da Maria José na cozinha, da Prazeres e obviamente da Noémia. Há tantas pessoas nesta coisa chamada memória.
Ando para aqui há uns tempos para escrever sobre o Ti Pedro.
Mas tudo o que escrevo apago. Fica sempre aquém. Como é que um velhote ficava tão bem na fotografia, i.e. marcou tantos jovens com a sua boa disposição, com as suas quadras, com a sua presença?
Lembro-me de um ano, num retiro, ter ficado num quarto que não se portou, digamos, muito bem. Dormimos pouco, fizemos muito barulho e conversámos a noite quase inteira - dormimos 2 horas. Pelas 5h30/6 da manhã fomos a um dos quartos e lá estava o Ti Pedro, já acordado, que ao nos ver levantados convida-nos a nós, e aos membros do quarto que entretanto acorda para irmos cantar o Hino Nacional enquanto vemos o sol nascer...não, não foi ninguém, mas não foi por falta de vontade do Ti Pedro.
Lembro-me de alguém pintar a cabeça do Ti Pedro com um baton, numa das brincadeiras. E ele ali, com um sorriso enorme, pronto para a brincadeira.
E sempre pronto a contar histórias.
Não sei convosco, mas de vez em quando olho para as cadeiras em frente do refeitório, e quase que espero vê-lo ali sentado, com o cajado na mão.
Até já, Ti Pedro.
(Tenho uma foto para colocar, mas não sei se a família se importará. Alguém que diga. alguém da família)
Vocês, lembram-se do nosso Tio?

6 comentários:

AiZack disse...

Se lembro!... Como eu percebo esse olhar! Essas imagens são das que trazem mais saudades!

zarah disse...

Os olhos embaciaram-se-me.
Sim, muitas vezes ainda o espero ver debaixo do sombreiro a contar histórias.

Kella disse...

Até eu, que só fui ao ABS umas 3 vezes, me lembro dele. Cajado numa mão e, na outra, o imprescindível mata-moscas!!!

Anónimo disse...

Também eu me lebro do Ti Pedro! Dele no ABS e não só! lembro-me de ser pequenina e juntamente com o pedro brincarmos à porta da casa das nossas avós e era o tio pedro que nos observava. Sempre simpatizei com o Padrinho (do meu pai).

uma pessoa especial para todos nós!

isma L. disse...

como esquecer alguém tão especial?

Silvia disse...

Concordo cntg Tiago quando dizes que eh dificil escrever alguma coisa sobre ele...ja apaguei varias vezes o que escrevi...so sei que me deixa muitas saudades pensar no meu bisavô, uma pessoa tao especial para tanta gente. Era realmente uma pessoa extraordinaria, com uma grande sensibilidade, um grande coraçao...e muito bem humorada, axo k nc o vi triste...nao tenho mts recordaçoes dele no ABS...mas lembro cm a Marta disse (penso k seja ela,pk nao assinou...xD), de ele nos observar, especialmente eu e o pedro...e mts outras coisas que nc eskecerei...Axo k podes por uma fotografia...